Última hora
This content is not available in your region

As piores inundações da Ucrânia em 12 anos

euronews_icons_loading
As piores inundações da Ucrânia em 12 anos
Direitos de autor  AP/Emergency Situation Ministry
Tamanho do texto Aa Aa

Quase um milhar de deslocados e pelo menos três mortos. É o balanço inundações na Ucrânia, consideradas as piores dos últimos 12 anos no país.

Cerca de 6 mil habitações foram afetadas em quatro regiões do país, a mais atingida é a de Ivano-Frankivsk, que faz fronteira com a Roménia.

O governo diz que a situação é crítica. Desde segunda-feira choveu 70% do que habitualmente se regista no espaço de um mês. Tudo se torna mais complicado quando o país está no meio de uma luta contra a pandemia de coronavírus.

Organizações ambientalistas apontam o corte ilegal massivo de árvores nas florestas dos Carpatos ucranianos como a causa provável para as cheias.

ONG inglesa Earthsight publicou um relatório na terça-feira em que acusa a gigante sueca IKEA de ser corresponsável por utilizar as madeiras ilegais da região para produzir os móveis que vende. A IKEA disse que vai rever a proveniência da matéria-prima e agira se necessário.