Última hora
This content is not available in your region

Portugal e Espanha reabrem fronteiras

euronews_icons_loading
Portugal e Espanha reabrem fronteiras
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

As fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha reabriram esta quarta-feira, depois de três meses e meio fechadas devido à pandemia de coronavírus.

Mas ambos países enfrentam ainda vários focos de infeção.

A maior parte do território português reduziu o nível de gravidade para estado de alerta, mas a região de Lisboa é mantida em contingência. Dezanove freguesias dos conselhos de Sintra, Amadora, Odivelas, Loures e Lisboa ficam em estado de calamidade, devido a uma situação particularmente problemática, nomeadamente em vários bairros degradados.

Leicester dá passo atrás

Enquanto Inglaterra avança no desconfinamento, a cidade de Leicester dá um passo atrás, devido aos perto de 100 0 casos confirmados nas últimas duas semanas, que levaram as autoridades a fechar novamente escolas e todos os comércios não essenciais, para desalento dos habitantes.

Situação agrava-se nos EUA

Nos Estados Unidos a situação agrava-se, com o epicentro da epidemia situado agora na chamada "Sun Belt", os Estados do sul e oeste como a Flórida, o Texas, a Califórnia e o Arizona. Um dos principais conselheiros do presidente Donald Trump na luta contra a Covid-19 descreve um cenário sombrio.

Temos atualmente 40.000 novos casos por dia e não me surpreenderá se subirmos até 100.000 casos por dia se as coisas não mudarem, por isso estou bastante preocupado.
Anthony Fauci
Diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas

Os Estados Unidos contam atualmente com mais de 127.000 mortos devido ao coronavírus.

A pandemia continua também em franca ascensão na América do Sul, onde, segundo a Organização Panamericana da Saúde, o número de vítimas mortais pode quadruplicar até ao início de outubro, na ausência de medidas sanitárias reforçadas.