EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Caça aos abrigos ilegais de animais

Portugal
Portugal Direitos de autor Cleared
Direitos de autor Cleared
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Grupos de populares e ativistas estão a procurar abrigos clandestinos em Portugal onde cães e gatos estejam a ser mal-tratados. 200 pessoas protestaram junto a um canil ilegal em Santa Maria da Feira e houve agressões

PUBLICIDADE

O drama dos animais mortos no incêndio, em Santo Tirso, provocou uma caça a abrigos ilegais de animais em Portugal.

Cerca de 200 pessoas juntaram-se frente às instalações de um canil ilegal, em Canedo, Santa Maria da Feira, em resposta a um apelo lançado nas redes sociais.

Temendo um ataque às instalações, a proprietária do canil, que chegou a ser agredida quando transportava animais, foi obrigada a chamar as autoridades, que controlaram as entradas do espaço.

Berta Frazão, a proprietária do abrigo identificado como "DZG Canedo Ajuda Animal Sem Fronteiras", defende uma intervenção pública para controlar as comunidades de animais errantes e evitar a proliferação de abrigos clandestinos.

"Enquanto não houver uma esterilização massiva - obrigação de esterilização massiva - neste país, não vamos nunca controlar este problema", afirmou.

Na mente dos ativistas, abrigo ilegal rima com maus tratos. Um membro do grupo Intervenção e Resgate Animal (IRA), um autarca e o responsável veterinário municipal local garantiram que os cães deste canil estavam bem tratados, mas os populares tiveram dificuldade em acreditar.

A Câmara de Santa Maria da Feira diz que há vários anos que tenta minimizar o problema arranjando soluções de adoção. O canil tinha cerca de 150 animais e agora tem pouco mais de 50 em melhores condições.

Mas nem todos os animais têm a mesma sorte. Há vários processos-crime a correr nos tribunais portugueses devido a este abrigo.

GNR emite comunicado

A GNR recolheu seis animais durante a fiscalização ao canil, informou hoje aquela força militar numa nota enviada à agência Lusa.

A autoridade refere que o Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) fiscalizou na terça-feira um abrigo de animais, na localidade do Inha, freguesia de Canedo, concelho de Santa Maria da Feira.

“No decorrer da ação de fiscalização, foi realizada uma inspeção higiossanitária a 58 cães e quatro gatos e um controlo higiossanitário das instalações de alojamento dos animais, tendo sido recolhidos três cães e três gatos para realização de exames clínicos complementares”, lê-se na mesma nota.

A GNR diz ainda que, após a receção do relatório do Médico Veterinário Municipal de Santa Maria da Feira, que também acompanhou a referida fiscalização, todos os factos apurados serão comunicados às entidades competentes.

As denúncias continuam e contra outros responsáveis de locais onde serão mantidos animais em más condições.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os animais de estimação e a pandemia

Brexit, comércio e animais de estimação debatidos em Estrasburgo

França proíbe práticas cruéis para animais