Última hora
This content is not available in your region

Colisão de comboio Alfa Pendular: dois mortos e sete feridos graves

euronews_icons_loading
Bombeiros observam as composições depois do descarrilamento
Bombeiros observam as composições depois do descarrilamento   -   Direitos de autor  PAULO CUNHA/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Tamanho do texto Aa Aa

As duas vítimas mortais do descarrilamento desta sexta-feira em Soure, perto de Coimbra, eram os operadores da máquina da REFER contra a qual o comboio Alfa Pendular colidiu, afirmou o comandante Distrital de Operações de Coimbra.

O acidente provocou ainda sete feridos graves e 19 feridos ligeiros.

Seguiam a bordo do Alfa Pendular mais de duas centenas de pessoas. O comboio seguia no sentido sul-norte e tinha como destino Braga.

Para o local, foram mobilizados mais de 170 elementos de equipas de socorro, 69 viaturas e dois meios aéreos, avança o Diário das Beiras.

Os feridos mais graves foram encaminhados para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Os feridos ligeiros foram transportados de autocarro para um pavilhão desportivo perto do local do acidente.

O Presidente da República Portuguesa já reagiu, através de uma nota publicada no portal da presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa foi informado do "grave acidente ferroviário desta tarde na Linha do Norte" pelo Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

O Presidente português apresentou "sentidas condolências aos familiares e amigos das vítimas mortais" e desejou "rápidas melhoras aos numerosos feridos, aguardando os resultados das investigações técnicas e judiciais."

Presidência da República Portuguesa
Mensagem do Presidente Marcelo Rebelo de SousaPresidência da República Portuguesa