Última hora
This content is not available in your region

Milhares pedem fim das restrições em Berlim

euronews_icons_loading
Milhares pedem fim das restrições em Berlim
Direitos de autor  Markus Schreiber/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar do aumento dos casos de Covid 19 na Alemanha, milhares de pessoas participaram numa manifestação em Berlim contra as medidas do governo para travar o coronavírus.

A marcha, promovida por várias organizações, algumas de extrema-direita, foi um protesto contra as restrições à vida pública e às limitações vistas como um ataque à liberdade de movimentos.

Observados por um forte dispositivo de segurança e com pouco respeito pelo distanciamento social, os manifestantes repetiram ‘slogans’ anti vacinas e pediram o fim de Angela Merkel.

Aumento de surtos

A manifestação acontece numa altura de especial preocupação do governo alemão com o aumento do número de novas infeções no país.

Segundo dados do Instituto Robert Koch, foram registadas 955 novas infeções nas últimas 24 horas, o que representa um aumento substancial em relação à média de 800/850 da semana passada e ainda mais em relação à média de 300/350 contabilizada em meados de junho.

No total, foram registadas 209.653 infeções e 9.148 mortes.

A Alemanha disponibiliza, a partir deste sábado, testes gratuitos para viajantes que regressem de países estrangeiros.