Milhares pedem fim das restrições em Berlim

Milhares pedem fim das restrições em Berlim
Direitos de autor Markus Schreiber/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manifestantes rejeitam a estratégia do governo contra a Covid-19

PUBLICIDADE

Apesar do aumento dos casos de Covid 19 na Alemanha, milhares de pessoas participaram numa manifestação em Berlim contra as medidas do governo para travar o coronavírus.

A marcha, promovida por várias organizações, algumas de extrema-direita, foi um protesto contra as restrições à vida pública e às limitações vistas como um ataque à liberdade de movimentos.

Observados por um forte dispositivo de segurança e com pouco respeito pelo distanciamento social, os manifestantes repetiram ‘slogans’ anti vacinas e pediram o fim de Angela Merkel.

**Aumento de surtos **

A manifestação acontece numa altura de especial preocupação do governo alemão com o aumento do número de novas infeções no país. 

Segundo dados do Instituto Robert Koch, foram registadas 955 novas infeções nas últimas 24 horas, o que representa um aumento substancial em relação à média de 800/850 da semana passada e ainda mais em relação à média de 300/350 contabilizada em meados de junho.

No total, foram registadas 209.653 infeções e 9.148 mortes.

A Alemanha disponibiliza, a partir deste sábado, testes gratuitos para viajantes que regressem de países estrangeiros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antuérpia teme estar perante nova vaga de covid-19

Trump diz que Berlim não cumpre acordo da NATO e retira tropas da Alemanha

Fábrica de carne apontada como principal foco de contágio de Covid na Alemanha