Última hora
This content is not available in your region

Áustria coloca Croácia na lista negra das viagens

euronews_icons_loading
Áustria coloca Croácia na lista negra das viagens
Direitos de autor  DENIS LOVROVIC/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Quem vier da Croácia vai passar a estar na mira das autoridades sanitárias austríacas. Devido ao aumento do número de casos de covid-19 entre os viajantes que passaram pelo país vizinho, Viena aconselha a não eleger a Croácia como destino de viagem.

As restrições entram em vigor já a partir da madrugada de domingo para segunda-feira.

O ministro dos Negócios Estrangeiros austríaco, Alexander Schallenberg, explica que "devido ao rápido aumento dos números na Croácia, mas também devido a quem voltou e trouxe o vírus de volta à Áustria", as autoridades classificaram "a Croácia como nação sob o mais alto nível de alerta. Isto significa que a partir de segunda-feira, quem regressar da Croácia, ou tem de apresentar um teste covid negativo, ou fazê-lo no prazo de 48 horas. E aconselhamos veementemente todos os austríacos que tenham planeado fazer uma viagem à Croácia a não o fazerem" afirma.

Em 24 horas, a Áustria registou 57 infeções com coronavírus entre viajantes regressados do país vizinho.

As novas medidas sanitárias obrigaram muitos austríacos a encurtar as férias na Croácia e a enfrentar longas filas de trânsito para regressar a casa, para evitar a quarentena.

Na passada sexta-feira, a Croácia teve um pico de surto, com 208 novos casos. As restrições impostas pela Áustria estão já a ser aplicadas a outros países dos Balcãs e da União Europeia, como a Bulgária e a Roménia.