Última hora
This content is not available in your region

Artista sérvio reescreve a história

euronews_icons_loading
Artista sérvio reescreve a história
Direitos de autor  Amel Emric/AP2011
Tamanho do texto Aa Aa

"O Caderno", é assim que se chama a obra do artista sérvio Vladimir Miladinovic que durante quatro anos copiou à mão as 400 páginas do diário de Rtako Mladic, um dos piores criminosos de guerra do conflito nos Balcãs.

As 400 páginas do diário cobrem agora as paredes de uma galeria de Belgrado.

"Reescrevi cada letra, cada frase das 400 páginas deste diário, um ato performativo que é também uma tentativa para lidar com este período muito difícil do nosso passado e que perdura até hoje, 25 anos depois do final da guerra", afirma Vladimir Miladinovic,

O comandante servo-bósnio Ratko Mladic foi condenado a prisão perpétua em 2017 pelo Tribunal Penal Internacional. Ratko Mladic ainda é visto por muitos sérvios como um herói rejeitando a decisão do Tribunal Penal Internacional.