Última hora
This content is not available in your region

Bolsonaro em rota de colisão com a imprensa

euronews_icons_loading
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro   -   Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro participou numa conferência em Brasília dedicada à luta contra a pandemia no Brasil.

Bolsonaro aproveitou a oportunidade para lançar um ataque aos jornalistas.

O presidente acusou os jornalistas de fazerem troça do tempo em que Bolsonaro era atleta nas Forças Armadas e afirmou que quando a Covid-19 infeta pessoas como os jornalistas, as probabilidades de sobrevivência são muito menores.

No domingo o presidente ameaçou agredir fisicamente um jornalista por este o ter questionado sobre o alegado envolvimento da sua mulher num esquema de corrupção.

A conferência sobre a luta contra a Covid-19 coincidiu com a visita ao país de um especialista norte-americano em doenças infeciosas.

Rajeev Fernandes visitou na segunda-feira a favela de Paraisópolis em São Paulo na companhia de vários líderes comunitários.

O especialista deslocou-se a várias cidades do Brasil para recolher informações a fim de auxiliar as autoridades sanitárias na luta contra a Covid-19.

"As pessoas precisam de usar máscara, manter as distâncias, lavar as mãos e podemos fazer isto em conjunto. É uma pandemia global por isso se agirmos como irmãos e irmãs podemos ganhar.
A Humanidade vai prevalecer", afirmou o Dr. Rajeev Fernando.

O especialista norte-americano recolheu ainda vários testemunhos de famílias de vítimas de Covid-19.

Informações dão conta de que o filho mais velho do Presidente, o senador Flávio Bolsonaro, contraíu o vírus de Covid-19.

Flávio Bolsonaro é o quarto membro da família do presidente a contraír o vírus.