Última hora
This content is not available in your region

Polícia grega transfere migrantes e refugiados para novo campo

euronews_icons_loading
Polícia grega transfere migrantes e refugiados para novo campo
Direitos de autor  Petros Giannakouris/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia grega começou a transferir ocupantes do campo de Moria, que sofreu um incêndio, para o campo de Kara Tepe, também na ilha de Lesbos.

No terreno, as autoridades enfrentam a resistência entre muitos migrantes e refugiados que sonham em abandonar as condições que tinham em Moria e partir à conquista do sonho Europeu, particularmente na Alemanha, como explica o correspondente da Euronews, Apostolos Staikos, no local: "70 mulheres da polícia grega vestidas com fatos brancos de proteção contra a Covid-19 estão desde o início da manhã nas ruas para falar com migrantes e refugiados. Explicam-lhes que não têm motivos para estar nas ruas e que não ganharão nada com isso. Muitos migrantes e refugiados compreenderam e por esse motivo, desde a manhã, 450 pessoas deslocaram-se ao ponto de registo e 250 já entraram no campo de Kara Tepe. Para conseguir entrar, qualquer pessoa tem fazer testes de despistagem à Covid-19. Já se contabilizaram 56 casos positivos de pessoas que estão em isolamento. Até ontem, 1800 migrantes e refugiados tinham entrado no campo e durante a jornada de quinta-feira as autoridades contam enviar mais três mil pessoas para o campo. À noite, haverá cinco mil pessoas que terão um teto, comida, água potável, casas de banho e cuidados médicos. O ministro da Proteção Civil, Michalis Chrisochoidis, está no terreno e fez saber que até à Páscoa quer que todos os migrantes e refugiados abandonem a ilha. Até ao Natal deverá ser metade. À medida que o tempo passa, cada vez mais pessoas estão convencidas que ficar nas ruas não faz sentido. Vêm até aqui com os bens pessoais para se registarem e entrarem no campo."

O campo de Moria albergava pessoas de mais de 70 países. A maioria era oriunda do Afeganistão.