Última hora
This content is not available in your region

Proposta de pacto migratório provoca reações diversas

euronews_icons_loading
Proposta de pacto migratório provoca reações diversas
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

O novo pacto migratório proposto pela Comissão Europeia provocou reações diversas ao longo do espectro político europeu.

As novas medidas estão agora a ser analisadas pelos líderes europeus e eurodeputados antes de ser tomada a decisão final.

"Estou preocupado com esta ideia de patrocinar o retorno onde um governo de direita ou autocrático poderá escolher as nacionalidades de quem é obrigado a regressar ao país de origem. É possível antever aqui um conflito entre governos autocráticos nos quais são identificadas as nacionalidades com base na religião. A criação de perfis raciais não deve estar incluída num pacto intitulado de solidariedade", afirma Barry Andrews, eurodeputado irlandês do Grupo Renew Europe.

Uma das grandes novidades da nova proposta é um sistema de contribuições flexíveis dos estados-membros.

Ao contrário do que acontece agora, a nova proposta não contempla mecanismos obrigatórios para o acolhimento de refugiados.

Pela primeira vez, Bruxelas propõe ainda um proceidmento fronteiriço integrado de todos quantos atravessam as fronteiras externas da UE.