EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Visita do Presidente alemão a Itália

German President Frank-Walter Steinmeier, is flanked by Italian President Sergio Mattarella after visiting the Duomo gothic cathedral, in Milan, Italy, Sept. 17, 2020
German President Frank-Walter Steinmeier, is flanked by Italian President Sergio Mattarella after visiting the Duomo gothic cathedral, in Milan, Italy, Sept. 17, 2020 Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Elena Cavallone com Ricardo Borges de Carvalho
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Encontro entre Frank-Walter Steimeier e Sergio Matarella decorreu em Milão, capital da Lombardia, uma das regiões mais afetadas pela Covid-19 na fase inicial da pandemia

PUBLICIDADE

Não foi por acaso que Milão foi a cidade escolhida para o encontro desta quinta-feira entre Presidente alemão, Frank-Walter Steimeier, e o homólogo italiano, Sergio Mattarella.

Foi a partir da capital da Lombardia que durante a primeira fase da pandemia de Covid-19, se construiu uma ponte aérea com a Alemanha para que 44 doentes graves italianos recebessem assistência médica.

"A visita aqui não é uma coincidência e espero que envie um sinal de solidariedade. Solidariedade pelo sofrimento das pessoas da Lombardia que nós, na Alemanha, notámos", referiu o Chefe de Estado alemão.

„Natürlich haben wir die Krise nicht hinter uns, aber es ist erlaubt und notwendig, nach vorne zu schauen.“ Bei seiner...

Publiée par Bundespräsident Frank-Walter Steinmeier sur Jeudi 17 septembre 2020

O Presidente italiano olha agora para a fase pós-emergência, a do relançamento de uma economia muito afetada pela crise. Sergio Mattarella lembra que a indústria produtiva italiana está fortemente integrada com a alemã. O Chefe de Estado italiano sublinha que as consequências económicas da pandemia são dramáticas mas que a posição da Alemanha foi decisiva.

"Todos nos lembramos da iniciativa de Berlim e Paris de dar vida ao que se tornou o Fundo de Recuperação, com a ajuda de Itália, Espanha e de outros países para superar a preguiça, a resistência e os atrasos", recordou Sergio Mattarella, na conferência de imprensa conjunta.

Depois do encontro com o Presidente alemão, Sergio Mattarella vai a Paris encontrar-se com o homólogo francês, Emannuel Macron. Uma iniciativa diplomática que visa reforçar os laços com os países promotores do Fundo Europeu de Recuperação, do qual a Itália é o maior beneficiário.

Berlim e Paris são aliados preciosos e Roma quer também tranquilizá-los sobre a implementação das tão esperadas reformas estruturais exigidas pelos parceiros europeus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eurodeputados lutam para melhorar orçamento da UE

"Há cortes injustificáveis" no orçamento da UE

Estudantes de Milão montam acampamento em solidariedade com a Palestina