Última hora
This content is not available in your region

Centenas de detenções em protesto contra Lukashenko na Bielorrússia

euronews_icons_loading
Centenas de detenções em protesto contra Lukashenko na Bielorrússia
Direitos de autor  -/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia antimotim da Bielorrússia prendeu centenas de participantes em mais uma manifestação contra o presidente Alexander Lukashenko. A "Marcha das Mulheres", a mais recente de uma série de protestos no feminino contra a situação política no país, contou com a participação de cerca de duas mil pessoas. De acordo com a AFP, as forças policiais bloquearam a marcha e detiveram arbitrariamente centenas de manifestantes.

Antes da manifestação, Sviatlana Tsikhanouskaya, líder da oposição que foi obrigada a refugiar-se na Lituânia, tinha elogiado as "mulheres corajosas da Bielorrússia".

O país tem estado a ferro e fogo desde as eleições de 9 de agosto, que valeram a reeleição de Lukashenko com 80% dos votos, que a oposição classificou de fraudulentas e cujos resultados não foram aceites pela União Europeia.

Para este domingo estão previstas novas ações de protesto no país.