EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Brasil cria memorial às vítimas da Covid

Memorial In-finito, Rio de Janeiro
Memorial In-finito, Rio de Janeiro Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rio de Janeiro inaugura monumento com 4 mil nomes.

PUBLICIDADE

Estende-se ao longo de 39 metros a escultura criada no cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro, em homenagem às vítimas da Covid-19. Num Brasil que regista mais de 136 mil mortos, o chamado Memorial In-finito cria um tributo coletivo.

"O memorial vem justamente para falar: 'você tem importância, a sua dor tem importância, você tem um espaço para retornar quando quiser'", explica a arquiteta, Crisa Santos.

Giselle Peixoto, que perdeu o progenitor, salienta que "dá uma satisfação saber que o seu pai não foi só mais uma vítima, que ele não foi esquecido. Ele aqui está eternizado. O meu coração aqui... estou sempre em casa".

Entretanto, o mítico Teatro Amazonas, em Manaus, uma zona particularmente afetada pela epidemia, levou a palco um concerto de música clássica. Um ato de resistência com lotação reduzida, é certo, mas com uma elevada carga simbólica, num local que trouxe a Cultura a um dos mais recônditos lugares do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bolsonaro descarta responsabilidade por efeitos secundários da vacina

Testes rápidos gratuitos à Covid-19 na Rocinha

Vestidos de vermelho e branco, milhares de brasileiros celebram o Dia de São Jorge