EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Reclusos ajudam bombeiros no combate aos incêndios no Pantanal

Reclusos em operação dos bombeiros
Reclusos em operação dos bombeiros Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Ricardo Figueira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Programa ajuda a melhorar as operações, nomeadamente de salvamento de animais, e é ainda uma forma de reinserção.

PUBLICIDADE

No Brasil, o incêndio que está a destruir uma boa parte do Pantanal, no Estado do Mato Grosso, é o mais recente desastre ambiental a fazer manchetes. Entre janeiro e agosto, o fogo destruiu quase dois milhões de hectares, ou seja, mais de um décimo deste ecossistema único no Brasil e no mundo.

Os bombeiros que combatem as chamas têm agora uma ajuda preciosa: a de reclusos como Eliseu, que está há dez anos a cumprir pena:  "Há falta de água, falta de alimentos, muitos bichos morrendo. É uma tristeza enorme não tínhamos consciência do que se estava a passar. Hoje, alegro-me de estar aqui ajudando e, ao mesmo tempo, fico entristecido por tudo o que está a acontecer e vejo agora com os meus próprios olhos", conta o homem de 54 anos.

Segundo Alexi Rondon, agente penitenciário responsável por este grupo de reclusos, são todos voluntários.

Trata-se, na maioria, de reclusos em fim de pena como Eliseu. Ajudam os bombeiros com todo o tipo de tarefas, desde a recolha de água para encher as bombas ao salvamento de animais e à preparação de alimentos para esta fauna ameaçada. É um trabalho útil à sociedade e também uma ajuda à reinserção.

Editor de vídeo • Ricardo Figueira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Número de reclusos em França bate recorde

Lula pede dinheiro aos países ricos para a proteção das florestas

Hora do crepúsculo para o Pacto Ecológico Europeu?