Última hora
This content is not available in your region

Dois feridos em ataque com arma branca em Paris

euronews_icons_loading
Polícia junto a local de ataque com arma branca em Paris
Polícia junto a local de ataque com arma branca em Paris   -   Direitos de autor  Lewis Joly/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Dois feridos e duas detenções, é o balanço até ao momento do ataque com arma branca em Paris, junto aos antigos escritórios do Charlie Hebdo. Um ataque que intervem em pleno processo dos atentados mortíferos que visaram nomeadamente o jornal satírico, em janeiro de 2015.

A procuradoria antiterrorista francesa já abriu uma investigação por "tentativa de assassinato em relação com uma organização terrorista e associação criminosa de malfeitores com fins terroristas".

As autoridades instalaram um perímetro de segurança à volta da zona do ataque. Um primeiro suspeito foi detido pela polícia junto à praça da Bastilha e, segundo fontes judiciais, um segundo foi detido um pouco mais tarde.

A hipótese evocada de um pacote suspeito acabou por ser rejeitada, com as autoridades locais a precisarem que "não foi detetado nenhum engenho explosivo".

O ataque tem lugar num contexto de novas ameaças contra o Charlie Hebdo, que republicou caricaturas de Maomé por ocasião da abertura do processo dos atentados de 2015.