Última hora
This content is not available in your region

O último salto de Eddie Van Halen

Eddie Van Halen (Arquivo)
Eddie Van Halen (Arquivo)   -   Direitos de autor  Chris Pizzello/CHRIS PIZZELLO/INVISION/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Eddie Van Halen morreu esta terça-feira, em Los Angeles, nos Estados Unidos. O músico que deu nome a uma das bandas rock com mais sucesso das últimas décadas perdeu a batalha contra o cancro. Tinha 65 anos e a notícia foi divulgada através do twitter pelo filho.

Wolfgang Van HAllen, baixista, também fez parte da banda do pai. Diz que lembra "como um presente" todos os momentos passados com Eddie.

Os Van Halen foram formados pelos irmãos Eddie e Alex em 1974. Estão na lista das 20 bandas com mais discos vendidos em todo o mundo.

Eddie cedo se afirmou como virtuoso da guitarra. Autodidata, foi considerado pela revista Rolling Stone como o oitavo melhor do mundo, entre Chuck Berry e Duane Allman, numa lista liderada por Jimi Hendrix. No seu legado, para além da música, a Frankenstrat - a guitarra que construiu com partes de outros instrumentos.

David Lee Roth, vocalista da banda, lembrou o longo caminho percorrido de mãos dadas com Eddie.

Multiplicam-se as reações à morte de Eddie Van Halen. Músicos dos Metallica, Black Sabbath, AC/DC e Kiss prestam-lhe tributo. Lenny Kravitz diz que "o céu vai estar elétrico esta noite" e Nikki Sixx, dos Mötley Crüe, chama-lhe o "Mozart da guitarra" que "mudou o nosso mundo".