EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

UE aprova formalmente sanções contra Lukashenko

Lukashenko foi adicionado à lista de indivíduos sujeitos a sanções
Lukashenko foi adicionado à lista de indivíduos sujeitos a sanções Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A União Europeia aprovou formalmente sanções contra o presidente da Bielorrússia, por fraude eleitoral e pela violenta repressão exercida sobre manifestantes pacíficos, opositores e jornalistas antes e depois das presidenciais de agosto.

PUBLICIDADE

A União Europeia aprovou formalmente sanções contra o presidente da Bielorrússia, por fraude eleitoral e pela violenta repressão exercida sobre manifestantes pacíficos, opositores e jornalistas antes e depois das presidenciais de agosto.

Uma lista revista das sanções impostas ao regime bielorrusso foi publicada, esta sexta-feira, no jornal oficial da União Europeia. Num comunicado, o Conselho Europeu anunciou ter adicionado 15 membros à lista de indivíduos sancionados, incluindo o líder Alexander Lukashenko e o seu filho Viktor.

O regime de sanções, que inclui agora 59 elementos do regime, prevê a proibição de viagens para a União Europeia e o congelamento de bens no espaço comum.

Bruxelas não reconhece o resultado das eleições presidenciais da Bielorrússia, no dia 9 de agosto, que deu a vitória a Lukashenko com 80% dos votos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reconhecimento do Estado palestiniano é apenas um "pequeno passo", dizem espanhóis

Cronologia: Que países reconheceram o Estado palestiniano? Quando e porquê?

Abstenção e desconhecimento sobre a UE serão teste às eleições europeias em Portugal