Última hora
This content is not available in your region

Variante do SARS-Cov-2 passa de visons para humanos

euronews_icons_loading
Danish Veterinary and Food Administration
Danish Veterinary and Food Administration   -   Direitos de autor  Euronews/Danish Veterinary and Food Administration
Tamanho do texto Aa Aa

De acordo com o Statens Serum Institut, organização dedicada às doenças infecciosas, na Dinamarca há, pelo menos, 214 pessoas portadoras de uma das cinco variantes do vírus SARS-CoV-2 descoberta em martas. Milhares destes pequenos mamíferos conhecidos por visons foram já abatidos. O objetivo das autoridades é matar os cerca de 17 milhões potencialmente contaminados.

A maioria das pessoas infetadas é da região da Jutlândia do Norte - parte deles trabalhadores das explorações onde são mantidos estes animais - onde foi imposto um confinamento parcial. Os habitantes não poderão abandonar os municípios onde residem nas próximas quatro semanas. As escolas permanecerão abertas mas fecham as unidades hoteleiras e ficam suspensos eventos culturais e desportivos.

Já o ministério da Agricultura sueco tinha confirmado, na quinta-feira, um surto do novo coronavírus em animais da mesma espécie em dez quintas na região de Blekinge, no sul do país.