Última hora
This content is not available in your region

Gardenya FM: a voz de refugiados sírios emitida do Iraque

euronews_icons_loading
O estúdio de emissão da Gardenya FM no campo de Arbat, no Iraque
O estúdio de emissão da Gardenya FM no campo de Arbat, no Iraque   -   Direitos de autor  FLORENT VERGNES / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A partir de um pequeno edifício no campo de refugiados de Arbat, no nordeste do Iraque, a Gardenya FM está a levar de volta para a Síria a voz de quase 10 mil refugiados curdos sírios que agora vivem no exílio.

Obrigados a fugir do país natal, por causa do governo de Bashar al Assad, estes refugiados recusam perder os laços que ainda mantêm a casa e através dos microfones da Gardenya FM tentam reforçar a ligação a quem deixaram para trás na fuga.

Sherin Mohammad era professora na Síria. Agora, no campo de Arbat, cerca de 500 quilómetros a leste da cidade natal de Qamishli, no norte da Síria, de onde fugiu em 2014, ela está a cumprir o sonho que chegou a perseguir em pequena: ser jornalista.

Apesar de estarmos longe de casa, no exílio, nós não cortámos os laços com a nossa terra natal.

"Até agora tínhamos as nossas famílias, mas agora temos também uma segunda razão.

"Através deste trabalho queremos mostrar a realidade e a verdade do nosso povo, tanto aos que ficaram na Síria como a quem está aqui.
Sherin Mohammad
Jornalista, locutora e editora na Gardenya FM

A Gardenya FM é um projeto da organização não-governamental UPP, assumido 2018 por Sherin Mohammad.

A rádio emite em 101.3 FM para quem vive no campo de Arbat, mas através das redes sociais estão a levar a voz também até à Síria.

Editor de vídeo • Francisco Marques