EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Conflito no Tigray faz milhares de refugiados

Conflito faz crescer sentimento patriótico
Conflito faz crescer sentimento patriótico Direitos de autor Mulugeta Ayene/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Mulugeta Ayene/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estado no norte da Etiópia é palco de violência entre o exército governamental e os rebeldes locais.

PUBLICIDADE

Na Etiópia, teme-se que o conflito no Estado do Tigray, no norte, possa alastrar-se a outros pontos do país. A região, que o governo etíope quer recuperar, é controlada pelo grupo rebelde Frente de Libertação Popular do Tigray. Na sexta-feira, foram disparados roquetes, alegadamente por parte dos rebeldes, contra uma região vizinha onde fica uma aeroporto usado pelas forças governamentais. O clima de tensão cresceu no início deste mês, com ataques de ambos os lados.

No meio do conflito ficam milhares de civis, forçados a fugir para o vizinho Sudão, onde estão a ser acolhidos num campo de refugiados.

Qibra, estudante universitário, conta que foram atacados de duas direções, de Amhara e da Eritreia. Foram obrigados a correr durante quatro horas e fugir a pé. Rony e a família fugiram apenas com a roupa que usavam. Conta que escaparam da morte.

A Amnistia Internacional confirma que dezenas ou provavelmente centenas de pessoas morreram esfaqueadas na vila de Mai-Kadra, no dia 9 deste mês. Um crime pelo qual o governo etíope acusa os rebeldes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ex-refugiado compra abrigo que o acolheu

40 mil fogem do Tigray para o Sudão

"Ofensiva final" iminente em Tigray