Última hora
This content is not available in your region

Restaurante lisboeta propõe jantar às 09h da manhã

euronews_icons_loading
Lisbon, Portugal
Lisbon, Portugal   -   Direitos de autor  Euronews/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Na Taberna Calhau reinventa-se aquilo que, até aqui, eram hábitos instituídos e sem alteração possível. Num país em estado de emergência um pequeno restaurante no bairro da Mouraria, na capital portuguesa, propõe um jantar às 09h da manhã. Uma forma de "matar o bicho", não o da Covid, naturalmente, com ostras e bagaço para começar.

O proprietário deste estabelecimento, Leopoldo Calhau, fala da experiência de ingerir uma bebida alcoólica em jejum, chama-lhe de "mata bicho", o recuperar de uma tradição, diz ele, num jantar matinal já que, diz também, são os jantares que lhe trazem mais clientes.

Uma forma pouco ortodoxa de começar o dia no primeiro fim de semana de recolher obrigatório a partir das 13h, em vários concelhos do país, imposto pelo governo para tentar travar a pandemia.

Para Miguel Vieira, um dos clientes que embarcou na aventura, tratou-se uma estreia, o facto de beber álcool antes do almoço, uma experiência totalmente diferente daquelas por que já passou.

Há sempre uma primeira vez para quase tudo e como tudo o que é bom acaba depressa, ao meio-dia e meia é hora de regressar a casa com estômagos saciados - por pratos, variados e de inspiração alentejana ainda que não só, que desfilam da cozinha para as mesa - alimentados também pela imaginação com a qual Leopoldo Calhau espera pagar as contas ao fim do mês.