Última hora
This content is not available in your region

"Homem voador" francês morre durante treino no Dubai

euronews_icons_loading
Vincent Reffet durante um salto de "base jumping" em Kuala Lumpur (arquivo)
Vincent Reffet durante um salto de "base jumping" em Kuala Lumpur (arquivo)   -   Direitos de autor  Vincent Thian/AP
Tamanho do texto Aa Aa

O "homem voador" francês Vincent Reffet, conhecido pelas suas impressionantes peripécias em "base jumping" e "wingsuit", bem como por voar no traje do "homem jato", morreu aos 36 anos num acidente durante um treino no Dubai.

A notícia foi avançada pela empresa Jetman Dubai, para a qual trabalhava, que explicou que as circunstâncias do acidente estão a ser investigadas.

Reffet era um dos três pilotos da equipa "Jetman", conhecido por voar com um conjunto de asas rígidas equipadas de mini-jatos ao lado dos aviões da Patrulha de França, por ter entrado num avião em pleno voo em 2017, saltar dos 828 metros da mais alta torre do mundo, a Burj Khalifa no Dubai, voar ao lado de um A380 da companhia Emirates ou atravessar, juntamente com outro "Jetman", Fred Fugen, a famosa Ponte do Céu, junto ao Monte Tianmen, na China, no fim de 2019.