Última hora
This content is not available in your region

Kandinsky em modo virtual

euronews_icons_loading
Kandinsky em modo virtual
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Se Maomé não pode ir à montanha, ou ao museu neste caso, e devido às restrições para travar a pandemia de Covid-19, procuram-se soluções alternativas.

Foi o que fez o Guggenheim de Bilbau que apresentou virtualmente, aos órgãos de comunicação, a sua nova exposição dedicada a Kandinsky.

Uma visita guiada pela curadora à qual a euronews assistiu.

Uma apresentação à distância - de Bilbau e Nova Iorque para o mundo - que permitiu apreciar, talvez até de mais perto, obras de Wassily Kandinsky, artista de renome do século 20, nascido em Moscovo em 1866 e considerado um dos pioneiros da arte abstrata e um pensador da arte moderna.

"62 obras estão em exibição no Guggenheim Bilbau", explicava a curadora da mostra Megan Fontanella. Uma exposição "abrangente organizada pela fundação Guggenheim de Nova Iorque e que ilustra, verdadeiramente, todo o espectro da carreira seminal de Kandisky", acrescentava Fontanella.

Por enquanto, só mesmo através da internet se pode descobrir esta exposição que estará no museu da referida cidade espanhola, Bilbau, até 23 de maio de 2021, espera-se que até lá com visitantes físicos.