Última hora
This content is not available in your region

Rússia critica sanções dos EUA contra a Turquia

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa com AFP / AP
euronews_icons_loading
Serguei Lavrov
Serguei Lavrov   -   Direitos de autor  Kemal Softic/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia denunciou como "ilegítimas" as sanções dos Estados Unidos contra a Turquia, impostas depois de Ancara ter adquirido o sistema russo de defesa antiaérea S-400.

Em digressão nos Balcãs, o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, afirmou que prejudicam a "reputação internacional" de Washington.

No que diz respeito às sanções contra a Turquia, é mais uma prova da atitude arrogante contra a lei internacional e uma manifestação das medidas ilegítimas, unilaterais e coercivas praticadas pelos Estados Unidos há várias décadas em todo o mundo.
Serguei Lavrov
chefe da diplomacia russa

As sanções norte-americanas visam a agência governamental turca responsável pela aquisição de armas e os respetivos dirigentes.

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse aos Estados Unidos que "esperava, de um aliado na Nato, não sanções, mas apoio na luta contra organizações terroristas que atuam na região".

O governo turco já prometeu avançar com represálias "no momento adequado".

O sistema S-400, de última geração, é uma das jóias da indústria militar russa, mas é incompatível com os dispositivos da Aliança Atlântica, de que a Turquia faz parte desde 1952.