EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Mausoléu de Augusto restaurado

Mausoléu de Augusto
Mausoléu de Augusto Direitos de autor .
Direitos de autor .
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Monumento reabre ao público em março de 2021

PUBLICIDADE

Depois de décadas ao abandono, o mausoléu de Augusto, o primeiro imperador de Roma, foi restaurado e será reaberto ao público no início do próximo ano.

O mausoléu é o maior sepulcro circular do mundo e foi construído em 28 a.C., perto do Rio Tibre, para receber os restos mortais de Augusto e dos herdeiros, onde se incluem os imperadores Tibério, Calígula e Cláudio.

De acordo com a Superintendente do Património Cultural de Roma, Maria Vittoria Clarelli, o monumento irá reabrir entre março e abril. Os visitantes poderão ver "as "concamerações", que são bizarras salas semicirculares e trapezoidais, que costumavam estar cheias de lixo, e que faziam parte da estrutura invisível."

O projeto de restauro envolveu duas fases distintas: a consolidação das estruturas existentes para as tornar seguras para poderem ser visitadas, e o melhoramento do espaço, permitindo que seja depois utilizado como museu.

A restauração do Mausoléu de Augusto, o primeiro imperador de Roma, custou 10 milhões de euros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Será uma "pizza antiga" nas paredes de Pompeia?

Abertura da Bienal de Veneza marcada pelas guerras

Descoberto salão de banquetes em Pompeia