Última hora
This content is not available in your region

Mostar vota em eleições municipais pela primeira vez em 12 anos

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Mostar vota em eleições municipais pela primeira vez em 12 anos
Direitos de autor  Kemal Softic/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Mostar, é uma das principais atracções da Bósnia-Herzegovina mas é também o reflexo perfeito da complexa situação política do país. Este domingo os seus habitantes votaram em eleições municipais pela primeira vez em doze anos.

As primeiras eleições municipais desde 2008 só foram possíveis devido a Irma Baralija, cidadã que denunciou a situação no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. A justiça europeia deu-lhe razão e os dois principais partidos da cidade, que representam as etnias muçulmana e croata, foram obrigados a chegar a acordo para a realização do escrutínio.

Na origem desta ausência de eleições está um vazio legal criado depois do Tribunal Constitucional ter anulado a lei eleitoral em vigor na cidade. A falta de acordo entre as principais forças políticas da cidade deu origem a um vazio legal que impediu a realização das eleições previstas para 2012 e 2016.

Ljubo Bešlić, eleito em 2008 e cujo partido esteve na origem da anulação da lei eleitoral junto do Tribunal Constitucional, tem assumido o cargo desde então.