Última hora
This content is not available in your region

Porto de Dover foi reaberto

euronews_icons_loading
Porto de Dover foi reaberto
Direitos de autor  Frank Augstein/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Os primeiros camionistas retidos em Inglaterra puderam finalmente atravessar o Canal da Mancha e chegar ao lado francês, depois da reabertura do porto de Dover. O desbloqueio da situação chegou depois de um acordo entre os governos de França e do Reino Unido, para que os camionistas retidos há vários dias pudessem regressar, na condição de fazer um teste rápido à Covid-19. A disseminação de uma nova estirpe mais contagiosa do vírus no Reino Unido tinha levado ao fecho das fronteiras, o que gerou e continua a gerar fortes protestos. Na mente de todos, um pensamento: passar o Natal em casa.

Para trás, para muitos, ficam os dias de inferno. Outros continuam na incerteza: "Não temos comida nem casa de banho. Aliás, temos uma, ali na bomba de gasolina, que está fechada. Temos esperança em conseguir o teste hoje, para que amanhã estejamos em casa a passar o Natal com as nossas famílias. Mas não sabemos se isso vai acontecer ou não", diz Martin, camionista polaco que permanece em Inglaterra.

A Comissão Europeia recomendou que as fronteiras fossem reabertas, mesmo sob condições, para viagens essenciais e para assegurar a cadeia de fornecimento dos bens. O trânsito começa a fluir, mas por enquanto ainda a conta-gotas.