Última hora
This content is not available in your region

Testes à covid-19 prolongam congestionamento de Dover

euronews_icons_loading
Testes à covid-19 prolongam congestionamento de Dover
Direitos de autor  Alberto Pezzali/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A reabertura parcial da fronteira entre Reino Unido e França não resolveu o problema para milhares de pessoas retidas no porto de Dover e que foram obrigadas a passar o Natal na estrada.

Apenas pode entrar em território francês quem tiver um teste à covid-19 com um resultado negativo e apesar da França ter enviado 10 mil testes para o local, o processo é demasiado lento para satisfazer quem se encontra retido.

A situação afetou cerca de 400 motoristas portugueses, que receberam esta quinta-feira o apoio de uma equipa enviada pelo consulado português em Londres. O auxílio surgiu depois dos motoristas portugueses se terem queixado de falta de apoio governamental.

Estima-se que o número de camionistas retidos no sul de Inglaterra tenha atingido os 10 mil. O congestionamento já era superior ao habitual devido à saída iminente do Reino Unido da União Europeia e atingiu dimens´ões épicas depois da França ter decidido encerrar as fronteiras na sequência da descoberta de uma nova estirpe do SARS-CoV-2, mais contagiosa que a variante que paralizou o mundo, no sul de Inglaterra.