Última hora
This content is not available in your region

Campanha de vacinação contra a Covid-19 arranca na União Europeia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Campanha de vacinação contra a Covid-19 arranca na União Europeia
Direitos de autor  أ ب
Tamanho do texto Aa Aa

O nome de Claudia Alivernini ficará para a história. A jovem enfermeira de 29 anos foi a primeira italiana vacinada contra a Covid-19. Outros dois profissionais de saúde receberam as primeiras doses da vacina Pfizer-BionTech, de nome comercial Comirnaty, no Instituto Lazzaro Spallanzani, em Roma.

A vacinação em massa começa a 8 de janeiro, altura a partir da qual Itália começa a receber 470 mil doses por semana.

"Um pequeno gesto fundamental para todos nós. Hoje estou aqui como cidadã, mas acima de tudo como enfermeira, a representar a minha profissão e todos os profissionais de saúde que escolheram acreditar na ciência. Senti com as minhas mãos e vi com os meus próprios olhos a dificuldade de combater este vírus porque estive na linha da frente desde o início. Tem sido doloroso testemunhar as derrotas que este vírus causou", sublinhou, este domingo em conferência de imprensa, a enfermeira.

Em Berlim, as honras de abertura couberam a Gertrud Haase. Na véspera, antes do arranque oficial da campanha, uma mulher de 101 anos de idade tornou-se na primeira a receber a vacina a nível nacional.

"O vírus é muito perigoso. Ouvimos falar e lemos sobre muitas mortes registadas em outros lares. Foi absolutamente terrível. É muito bom estar vacinada. É uma grande vantagem para os idosos", lembrou Gertrud Haase, que se encontra num lar de idosos.

O primeiro-ministro checo, Andrej Babiš, foi um dos primeiros a ser vacinado no país, juntamente com uma veterana de guerra. No Hospital Militar de Praga referiu que a vacina representa uma esperança de regresso à normalidade.

Na Suécia também começaram a ser administradas doses da vacina. Mais a sul, em Portugal, o diretor do serviço de Infecciologia do Centro Hospitalar de S. João, foi a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19.

Espanha e Áustria também dão prioridade aos idosos e profissionais de saúde nas primeiras aplicações da vacina.