Última hora
This content is not available in your region

Masters de Doha: Coreia do Sul no topo da tabela e quinto lugar para Telma Monteiro e Catarina Costa

euronews_icons_loading
Masters de Doha: Coreia do Sul no topo da tabela e quinto lugar para Telma Monteiro e Catarina Costa
Direitos de autor  from Euronews video
Tamanho do texto Aa Aa

Primeira jornada do Masters de Doha em Judo, prova inaugural da temporada da Federação Internacional de Judo que reúne os 36 melhores judocas em cada categoria de pesos e distribui 1.800 pontos aos campeões de cada peso no ranking de apuramento para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para 2021.

A nossa mulher do Dia

Distria Krasniqi, do Kosovo, revelou-se a nossa mulher do dia. Na final de -48kg, a judoca lutou e venceu a nipónica campeã mundial Funa Tonaki com dois waza-ari e após apenas 90 segundos de combate. Krasniqi levou para casa o seu terceiro título consecutivo de Masters.

O Secretário Geral do Comité Olímpico do Catar, Jassem Rashed Al Bouinin, condecorou as judocas.

A portuguesa Catarina Costa alcançou o quinto lugar da categoria, tendo perdido no combate para atribuição da medalha de bronze.

Estou muito satisfeita com meu desempenho. Em todas as competições em que participei nos últimos dois anos, conquistei uma medalha. Tenho treinos diários intensivos e tenho o melhor treinador e a melhor equipa, uma equipa onde nos sentimos mutuamente apoiados.
Distria Krasniqi

O nosso homem do dia

O sul-coreano Won Jin Kim foi o nosso homem do dia, superando em -60kg o judoca do Taiwan, Yung Wei Yang, naquela que foi a sua melhor exibição de sempre.

As medalhas da categoria foram atribuídas pelo Director Geral do Conselho Olímpico da Asia, Husain Al Musallam.

Tive adversários fortes desde o primeiro combate, com o campeão mundial de 2019, e em todas as lutas, que foram muito difíceis. Nunca desisti e dei o meu melhor para vencer.
Won Jin Kim

As restantes categorias em prova

Em -52kg, a francesa campeã do mundo Amandine Buchard venceu a japonesa campeã mundial de 2017, Ai Shishime, conquistando a medalha de ouro.

O Vice Presidente da Federação Internacional de Judo, Obaid Al Anzi, apresentou as medalhas da categoria.

Em -66kg, Baul An derrotou Baruch Schmailov, do Israel, com um S_eoi nage_ que lhe valeu Waza-ari. Este é o segundo título de Masters para o judoca sul coreano.

O Secretário Geral da Federação Internacional de Judo, Jean Luc Rouge, condecorou os judocas.

Em -57kg, a japonesa Tsukasa Yoshida prevaleceu sobre a judoca Sarah Leonie Cysique, uma revanche da derrota no seu último encontro com a francesa nos Mundiais de Tóquio.

Tal como Catarina Costa, a portuguesa Telma Monteiro terminou em quinto, tendo perdido também no combate para atribuição da medalha de bronze.

O Vice Presidente da Federação Internacional de Judo, Habib Sissoko, apresentou as medalhas da categoria.

O movimento do dia

O nosso movimento do dia foi um ippon incrível do russo Albert Oguzov frente a Fraj Dhouibi, da Tunísia.

A restante seleção portuguesa

Em -52kg, Joana Ramos, a terceira judoca portuguesa hoje em prova, estreou-se com uma vitória mas acabou derrotada na ronda seguinte frente à francesa campeã do mundo Amandine Buchard, que viria a conquistar a medalha de ouro.

Na terça-feira estarão em prova a vice-campeã mundial Bárbara Timo (-70 kg) e Anri Egutidze (-81 kg), e na quarta-feira, último dia da prova, será a vez de Rochele Nunes (+78 kg) e do campeão mundial Jorge Fonseca (-100 kg).