EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Amesterdão poderá proibir turistas de frequentarem as "coffee shops"

Amesterdão poderá proibir turistas de frequentarem as "coffee shops"
Direitos de autor Peter Dejong/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Peter Dejong/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades querem diminuir frequ~encia de pessoas que visitam o centro da cidade

PUBLICIDADE

As autoridades de Amesterdão estão a debater a proibição dos turistas frequentarem os conhecidos "coffees shops" onde a venda e o consumo de cannabis são autorizados.

A ideia, contudo, é contestada pelos representantes do sector que afirmam que pode ser contraproducente.

Eis a opinião do porta-voz da Associação dos Retalhistas de Cannabis, Joachim Helms:

"Encerrar os cafés aos turistas não vai diminuir o número de turistas que visita a cidade.
Se o plano original é reduzir o número de turistas em Amestaerdão, o que não vai acontecer, ao mesmo tempo cria-se o problema dos vendedores de cannabis nas ruas e dos distúrbios que isso provoca que é exatamente o que se pretende combater", afirma.

A ideia foi avançada pelo presidente da câmara em conjunto com as autoridades policiais como forma de reduzir a quantidade de pessoas que visitam o centro da cidade.

Políticos locais afirmam que Amesterdão sofre de um problema de imagem. 

Muitas pessoas consideram a capital dos Países Baixos como a capital das drogas a nível mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Senado do Canadá aprova legalização do consumo de canábis

Holanda legaliza cultivo de canábis

Ilha de Menorca: aldeia de Binibeca Vell com horário restrito de visitas durante o verão