Última hora
This content is not available in your region

Europa à espera de Biden

De  Euronews
euronews_icons_loading
Europa à espera de Biden
Direitos de autor  Andrew Harnik/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Para a Europa, esta quarta-feira começa um novo capítulo nas relações com os Estados Unidos. Vários líderes europeus falaram do dia da tomada de posse de Joe Biden como um dia de esperança e de confiança no fortalecimento das relações com Washington.

Na Alemanha, o presidente Frank-Walter Steinmeier disse estar “muito aliviado” porque Joe Biden entra na Casa Branca e garantiu que muitos alemães partilham esse sentimento.

O primeiro-ministro do Reino Unido está “ansioso” para trabalhar com o novo presidente. Boris Johnson espera o fortalecimento das relações bilaterais com base nas prioridades comuns : o combate às alterações climáticas, a recuperação depois da pandemia e o reforço da segurança transatlântica.

Em Itália, o primeiro-ministro Giuseppe Conte prometeu uma coligação alinhada com a agenda da próxima administração norte-americana e disse que olha para a nova presidência dos Estados unidos “com grande esperança". Uma posição partilhada pelo governo francês, que diz estar “ansioso por construir com o presidente Biden uma relação forte, útil e renovada”.

O primeiro-ministro polaco, que sempre foi próximo de Donald Trump, sublinhou os interesses comuns com os Estados Unidos. Para Mateusz Morawiecki, Varsóvia e Washington “estão entrelaçados por uma visão comum do mundo, interesses, riscos, preocupações tecnológicas como a 5G e ameaças geopolíticas".