Última hora
This content is not available in your region

Suíça converte pilotos de aviões em maquinistas

euronews_icons_loading
Suíça converte pilotos de aviões em maquinistas
Direitos de autor  LM Otero/ Associated Press
Tamanho do texto Aa Aa

A atual pandemia está a levar o mundo a mudar de rumo e, com ele, a aviação. Estima-se que, com as acentuadas quebras registadas no turismo, o setor leve até 2024 para voltar aos níveis antes da crise. Mas a Suíça tem já em marcha uma solução revolucionária: pedir aos pilotos uma reconversão de carreira.

Sem voos para empregar o atual número de profissionais, há já pilotos a ter formação para conduzir comboios.

Carlos Spruengli aceitou o desafio e está prestes a assinar contrato com uma companhia ferroviária.

"É como numa relação, se a outra parte não quer nada connosco, há que engolir o orgulho e seguir em frente", afirma ainda nostálgico.

Também a União Europeia está a colocar os comboios no centro de uma nova estratégia, que pretende tornar o transporte ferroviário mais competitivo e atrativo para passageiros e mercadorias, tendo em vista a neutralidade carbónica.

De acordo com a Comissão Europeia, os comboios são atualmente a solução mais ecológica, ao serem responsáveis por menos de 0,5 % das emissões de gases com efeito de estufa, quando comparados a outros meios para viajar entre os Estados-membros.