Última hora
This content is not available in your region

Longas filas na fronteira da Alemanha com a República Checa

euronews_icons_loading
Longas filas na fronteira da Alemanha com a República Checa
Direitos de autor  Armin Weigel/ dpa
Tamanho do texto Aa Aa

Longas filas na fronteira da Alemanha com a República Checa. As condições para fazer a travessia de um país para o outro estão mais rígidas. Como a República Checa é considerada uma zona de alta incidência da Covid-19, quem pretende atravessar a fronteira para entrar na Baviera deve apresentar umteste rápido negativo a cada 48 horas.

Centenas de automóveis ficaram presos num compasso de espera. As pessoas podem fazer o teste num "drive-in" no lado checo e depois recebem os resultados no telemóvel. Um procedimento que deve ser repetido duas a três vezes por semana.

Na Saxónia, as condições de entrada são um pouco menos rigorosas: os passageiros só precisam de fazer o teste duas vezes por semana. Segundo as estimativas entre 35 a 60 mil pessoas da República Tcheca passam regularmente a fronteira para trabalhar na Alemanha.