Última hora
This content is not available in your region

Tony Parker: "temos de sonhar em grande"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Tony Parker: "temos de sonhar em grande"
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro títulos da NBA com o Spurs, um prémio MVP, em 2007 e um desempenho inesquecível durante o triunfo da França no Eurobasket de 2013. A euronews entrevistou o jogador de basquetebol francês Tony Parker, tetracampeão da NBA.

euronews: Quando começou a jogar basquetebol, imaginava que chegaria tão longe?

Tony Parker: “Mesmo nos meus sonhos mais loucos, quando era criança, nunca imaginei que pudesse acontecer tudo o que aconteceu e a forma como terminei a minha carreira. Era algo impensável para alguém como eu, criado numa pequena cidade da Normandia. Foi bom ter consciência do que consegui. Desde que me reformei, comecei a ter consciência, de forma lenta mas segura, de tudo o que conquistámos com os Spurs. E agora sinto-me muito nostálgico, com o livro e com o filme da Netflix. É bom ver 20 anos de vida descritos num filme”.

euronews: "Em 2001, aos 19 anos, foi uma grande sorte ter sido escolhido para jogar no San Antonio Spurs embora tenha trabalhado muito ?"

Tony Parker: “Tive muita sorte por fazer parte dessa equipa, obviamente. Sim, trabalhei muito, mas, ao mesmo tempo, estava num clube que queria mesmo vencer. E os valores da equipa tornaram-me uma pessoa melhor, tornaram-me num melhor jogador numa pessoa melhor. É preciso muito trabalho, muita disciplina e sacrifícios. Eu estava muito determinado, queria jogar na NBA. “Naquela altura, não havia bases europeus. Não havia muitos europeus, por isso senti uma grande pressão face à nova geração era importante conseguir o respeito dos jogadores americanos. Foi muito difícil no início, mas isso tornou-me muito forte mentalmente. Queria mostrar-lhes que, nós, europeus, também podíamos jogar basquetebol”.

euronews: "Conseguiu tudo o que queria e agora podia descansar, mas, prefere investir nos jovens através da Tony Parker Adequat Academy, em França. O que representa esse projeto para si?"

Tony Parker: “Para mim, é muito importante retribuir. Sinto-me muito abençoado e tive treinadores muito bons. E não esqueci a forma como fui criado e de onde vim. Comecei por comprar uma equipa, a l’Asvel em Lyon. Depois começei a comprar a equipa feminina porque queria fazer um projeto único, fazer algo onde homens e mulheres fossem iguais e tivessem a mesma equipa. E finalmente fizemos a academia. Abrimos há um ano e meio. Foi algo especial para mim porque queria ocupar-me da elite no basket, mas também queria cuidar de todas as crianças que não vão fazer carreira profissional no basket, porque sei que noventa e cinco por cento dessas crianças , não vão tornar-se profissionais. Por isso o nosso slogan é ‘Venha para a academia e arranje um emprego’. É algo que levo muito a sério. Para mim, é muito importante que essas crianças, tenham sucesso na vida, que tenham um emprego e que sejam felizes, simplesmente”.

Temos de sonhar em grande. Se contar o seu sonho a alguém e ele não achar que é um sonho louco, é porque o seu sonho não é suficientemente grande.
Tony Parker
tetracampeão da NBA

euronews: "A Covid 19 é um grande desafio atualmente. Como enfrenta esse desafio na academia?"

Tony Parker: “Sim, é muito difícil. Vivemos uma crise que é uma das maiores de todos os tempos. É muito difícil tentar manter todos os projetos. Mas temos de ser criativos, positivos e tentar encontrar soluções. Mas, com certeza, estamos a viver tempos difíceis. Mas no final, isso só nos pode tornar mais fortes mentalmente e em termos de caráter”.

euronews: "É retratado num documentário da Netflix. Como se sente ao ver a sua vida num filme ? Como surgiu a ideia do documentário?"

Tony Parker: “É uma honra. Quando a Netflix me contactou pela primeira vez para fazer o filme, não podia acreditar porque estava a preparar algo com minha empresa, a Infinity Nine Media, que estava a filmar o meu último ano. Foi nessa altura, em que o projeto estava a começar, que a Netflix nos disse que estava interessada em fazer o seu filme. Para mim, foi uma honra. ”

euronews: "Onde é que se sente em casa?”

Tony Parker: “Digo sempre que tenho duas casas. Atualmente, vivo metade do tempo nos Estados Unidos, e metade do tempo em França. Adoro os dois países. Mas digo sempre que tenho duas casas, sinto-me em casa nos dois países”.

euronews: "Seguiu as eleições nos Estados Unidos. O que pensa da transição de Trump para Biden?"

“Estou muito feliz pela forma como as coisas estão a correr. É um dia novo. Estou feliz com o resultado das eleições. O nosso futuro será brilhante."

euronews: “Qual é o seu maior sonho agora?”

Tony Parker: “O meu maior sonho? Eu acho que, agora, à medida que envelheço, quero apenas manter-me saudável e que a minha família e os meus filhos continuem saudáveis. A coisa mais importante, especialmente no mundo de agora, é saúde para todos ”.

euronews: "Um conselho para os jovens que querem seguir um caminho como o seu?"

Tony Parker: “Se tivesse de dar um conselho, diria: ‘seja positivo e acredite no seu sonho. Temos de sonhar em grande. Se contar o seu sonho a alguém e ele não achar que é um sonho louco, é porque o seu sonho não é suficientemente grande.”

8 choses à savoir sur moi ⚡️

Posted by Tony Parker on Wednesday, January 20, 2021