EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Portugal restabelece fronteiras

Controlo na fronteira do Caia (Elvas - Portugal)
Controlo na fronteira do Caia (Elvas - Portugal) Direitos de autor NUNO VEIGA/ 2021 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Direitos de autor NUNO VEIGA/ 2021 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades portuguesas querem reduzir entradas e saídas do país às "deslocações essenciais"

PUBLICIDADE

Durante pelo menos duas semanas, Portugal vive fechado sobre si próprio e as entradas e saídas do país só poderão ser realizadas com motivos imperativos.

À primeira hora deste domingo, entraram em vigor as medidas do novo estado de emergência, que definem nomeadamente o "autoconfinamento dos cidadãos portugueses em território nacional". 

É proibido sair do país, seja por via "rodoviária, ferroviária, aérea, fluvial ou marítima". 

As ligações ferroviárias, fluviais e marítimas com Espanha foram interrompidas e as ligações por terra ficam limitadas a pontos específicos na fronteira, onde foram restabelecidos os controlos. 

Tal como para fora do país, as entradas em Portugal estão limitadas a "deslocações estritamente essenciais", como o regresso ao local de residência, trabalhadores transfronteiriços, transporte de mercadorias ou viagens de trabalho devidamente justificadas, de emergência ou com fins humanitários.

Testes obrigatórios e quarentena para quem chega de avião

Com exceção do Brasil e do Reino Unido, as ligações aéreas não foram cortadas mas estão submetidas a um protocolo sanitário reforçado. 

Mesmo quem chega de outro país da União Europeia deverá apresentar um teste negativo, se no país de origem a taxa de contaminação for superior a 150 casos por 100.000 habitantes, e terá inclusivamente de observar uma quarentena, se o número for superior a 500 casos por 100.000 habitantes.

As novas restrições à mobilidade para combater a propagação da pandemia levaram a TAP a anunciar a suspensão de 93 por cento das suas operações em fevereiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comissão Europeia critica fecho unilateral de fronteiras

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Rishi Sunak pede desculpa aos familiares das vítimas da Covid-19