Trabalhadores sazonais bloqueiam túnel entre França e Itália

Trabalhadores sazonais bloqueiam túnel entre França e Itália
Direitos de autor PHILIPPE DESMAZES/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Protesto serviu para exigir melhores compensações para o setor dos desportos de Inverno na montanha, paralisado pela pandemia

PUBLICIDADE

Uma centena de trabalhadores sazonais bloquearam parcialmente o acesso ao túnel de Fréjus, que liga França a Itália, para exigir a reabertura das estâncias de esqui em território francês e mais ajudas para o setor, paralisado pelas restrições decretadas para combater a pandemia de coronavírus.

Pierre Didio, secretário-geral do sindicato Force Ouvrière:"Dos 120.000 trabalhadores sazonais de Inverno em França, 100.000 trabalham em cafés, hotéis e restaurantes e não foram contratados. Havia uma solução: forçar os empregadores a contratá-los e depois colocá-los em 'layoff', o que não foi feito."

As estâncias de esqui francesas fecharam já antecipadamente em março de 2020, na primeira vaga da pandemia, e não voltaram a abrir as portas no Inverno de 2020/2021. 

O primeiro-ministro Jean Castex volta a receber esta semana representantes do setor, que exigem um reforço das compensações.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores franceses mantêm protestos apesar de novas medidas do governo

Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris