Última hora
This content is not available in your region

Economia portuguesa com queda acima da média europeia em 2020

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Economia portuguesa com queda acima da média europeia em 2020
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A economia da Zona Euro caiu menos do que o esperado, no quarto trimestre de 2020, apesar dos bloqueios e confinamentos da pandemia. Mas as últimas estimativas, apontam para um declínio mais acentuado no primeiro trimestre de 2021.

Os números do Eurostat revelam que no quarto trimestre de 2020, a economia dos países do euro contraiu 0,5%; no terceiro trimestre cresceu 11,5% e no segundo trimestre do ano tinha caído 11,4%.

Os economistas justificam a queda menor do quarto trimestre pelo facto de as medidas terem sido menos severas do que as aplicadas na primeira metade do ano, durante a primeira vaga das infeções pelo Sars-Cov2

Segundo o Eurostat, em 2020, o PIB da Zona Euro caiu 6,8% e no conjunto dos 27 países da União Europeia, 6,4%.

Nem todas as economias sofreram da mesma forma com as restrições. Houve mesmo algum crescimento. Tendo em conta os dados disponíveis atualmente, o organismo europeu de estatísticas apurou que no quarto trimestre de 2020: a Alemanha cresceu 0,1%; a França caiu 1,3%; a Itália teve uma queda de 2% e a Espanha cresceu 0,4. Houve quedas mais acentuadas na Áustria - 4,3% - e em Portugal - 5,9%.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2020, a economia portuguesa caiu 7,6%, registando a maior queda dos últimos 50 anos.