Última hora
This content is not available in your region

Restaurantes abertos e ruas vazias em Roma

De  euronews
euronews_icons_loading
Restaurantes abertos e ruas vazias em Roma
Direitos de autor  Luca Bruno/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Para a maior parte dos proprietários de bares e restaurantes de Roma, reabrir tem sido mais um problema do que propriamente um alívio. Um proprietário de dois restaurantes acumulou dívidas, depois das dificuldades em pagar duas rendas todos os meses. A zona histórica da capital - que depende apenas do turismo - foi ainda mais afetada pelas restrições.

Para nós, os restauradores desta praça, é uma falsa reabertura. As pessoas ainda não voltaram ao trabalho e, para nós, é como estar fechado - mas de portas abertas. É uma situação conveniente ao estado, mas não a nós. Preferia que ainda estivéssemos na zona laranja, pelo menos serviria alguns cafés. Mas, como pode ver, não está ninguém aqui.
vion kerri
Gestor restaurante - “Giordi”

Os pontos turísticos mais famosos de Roma estão irreconhecíveis. Pouca gente na rua e os restaurantes estão sem movimento. “Domiziano” foi o único restaurante que reabriu na rua.Tem 35 funcionários, mas só dois voltaram ao trabalho.

A maioria dos proprietários defende que devia ser instaurado um horário de funcionamento diferente para os ajudar a sobreviver. Os residentes locais são os únicos clientes - vieram fazer uma pausa no confinamento.

Lazio, como a maior parte do país, vai continuar como zona amarela durante mais duas semanas, altura em que os dados relativos à pandemia são atualizados. Vários estão preocupados que a adaptação constante a novas restrições prejudique, ainda mais, todo o setor.