Clarisse Crémer bate recorde com 20 anos na Vendée Globe

Clarisse Crémer festeja à chegada a Sables d'Olonne
Clarisse Crémer festeja à chegada a Sables d'Olonne Direitos de autor Bernard Le Bars / Alea
De  Rodrigo Barbosa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Velejadora francesa terminou a volta ao mundo em solitário em 87 dias e duas horas, sete dias menos do que Ellen MacArthur em 2001

PUBLICIDADE

Aos 31 anos, Clarisse Crémer faz história e integra a lista dos grandes nomes do mundo da vela.

A velejadora francesa completou esta quarta-feira a Vendée Globe, na décima segunda posição. 

Foi a primeira mulher a completar a edição de 2020/2021 da mítica volta ao mundo em solitário, sem escalas nem assistência.

Mas o feito mais impressionante foi ter terminado a prova em 87 dias, duas horas e 44 minutos, tirando sete dias a um recorde com duas décadas: na edição de 2000/2001 a britânica Ellen MacArthur tinha completado a Vendée Globe na segunda posição, em 94 dias, 4 horas e 25 minutos.

Crémer é agora a mais rápida mulher a circumnavegar o planeta num veleiro monocasco, um feito particularmente impressionante com apenas cinco anos de experiência nas grandes regatas oceânicas e dois na classe IMOCA.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Volta ao mundo num avião

Político apela à retirada da nacionalidade francesa ao futebolista Karim Benzema por causa da Irmandade Muçulmana

Tudo a postos em França para o Campeonato do Mundo de Rugby