Última hora
This content is not available in your region

Europa focada no aumento da produção de vacinas

De  euronews
euronews_icons_loading
Europa focada no aumento da produção de vacinas
Direitos de autor  Marco Ugarte/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Aumentar a produção de vacinas contra a Covid-19: é esta a prioridade. O governo francês foi criticado pela lenta implementação da vacina, mas Emmanuel Macron está a tentar recuperar o atraso prometendo ter "todos os adultos franceses vacinados até o final do verão" - aqueles que pretendem ser vacinados.

Apesar da escassez, as autoridades de saúde estão a limitar o uso da vacina AstraZeneca a menores de 65 anos. Alemanha, Áustria e Polónia também, apesar da vacina ter sido previamente aprovada para todos os adultos.

Por outro lado, a confiança na vacina russa Sputnik está a aumentar - foi lançada antes da divulgação dos dados finais, mas agora sabe-se que tem uma eficácia de 92%.

A chanceler Angela Merkel deu as boas-vindas à notícia.

Falei com o presidente russo sobre isso. Hoje lemos bons dados para a vacina russa também. Todas as vacinas são bem-vindas na UE, mas só serão aprovadas aquelas que correspondem aos critérios da Agência Europeia de Medicamentos.
Angela Merkel
Chanceler da Alemanha

No Reino Unido, os testes estão em andamento para detectar novas mutações genéticas em casos de Covid-19. Existe uma mutação, chamada E484K, que já foi encontrada na variante da África do Sul. Esta mutação pode reduzir a eficácia da vacina, mas, segundo os especialistas, ainda deve funcionar.

Enquanto isso, os confinamentos continuam a ser a principal arma contra o vírus até que o processo de vacinação esteja concluído. Nos Países Baixos, apesar dos últimos distúrbios, o governo mantém a maior parte das restrições que estão em vigor desde outubro. Restrições levantadas pelo menos até ao dia 2 de Março devido às preocupações com as novas variantes da Covid-19.