EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Clima extremo está a atrasar a vacinação contra a covid-19 nos EUA

Clima extremo está a atrasar a vacinação contra a covid-19 nos EUA
Direitos de autor BRENDAN SMIALOWSKI/AFP or licensors
Direitos de autor BRENDAN SMIALOWSKI/AFP or licensors
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os fortes nevões fizeram com que o processo parasse durante os últimos três dias

PUBLICIDADE

O presidente norte-americano incentivou à vacinação contra a covid-19, durante uma visita à fábrica da Pfizer, no estado do Michigan.

Joe Biden assegurou que a vacina é segura e apelou a todos os norte-americanos que optem por administrarem o medicamento aquando chamados para o fazer.

Depois de visitar as instalações, o chefe de Estado falou à imprensa e insistiu na mensagem de combate à pandemia através da vacinação.

O frio extremo e os fortes nevões em várias zonas e até no estado do Texas estão a atrasar o processo de vacinação em grande parte do país. De acordo com informações da Casa Branca, em três dias de bloqueio podiam ter sido administradas 6 milhões de doses da vacina.

O governo quer agora recuperar o tempo perdido. Até agora, já foram vacinadas contra a covid-19 30 milhões de pessoas em todo o país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Democratas aprovam pacote de estímulo à economia dos EUA

França vai endurecer restrições em Nice face à Covid-19

Inverno invulgarmente quente deixa parte da Áustria sem neve