Última hora
This content is not available in your region

França e Polónia com mais restrições

euronews_icons_loading
Em Nice, o grande passeio dos ingleses está praticamente deserto
Em Nice, o grande passeio dos ingleses está praticamente deserto   -   Direitos de autor  Lionel Cironneau/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Duas regiões francesas entraram este sábado numa nova fase do combate à Covid-19 com confinamento restrito ao fim de semana. No norte, Dunquerque, à beira do Mar Negro, vivem cerca de 250 mil pessoas, é uma das zonas com maior taxa de infeção em França.

Todas as lojas de produtos não alimentares voltaram a fechar. O mercado continua aberto, mas os residentes têm apenas uma hora para fazer as compras de bens essenciais.

A partir de agora, até na praia é obrigatório o uso de máscara. As mesmas regras aplicam-se no triângulo dos Alpes Marítimos, no sul de França. Só são autorizadas deslocações por razões de força maior. Num raio de 5 quilómetros da residência, é possível fazer exercício ou passear animais domésticos.

O primeiro-ministro francês pede ao poder local e regional que reforce o combate à pandemia para evitar um confinamento total em todo o país.

Escolas voltam a encerrar na Polónia

Também a Polónia apertou as restrições à circulação. A província de Warminsko-Mazurskie, no norte, foi declarada de "alto risco de infeção" de Covid-19.

A partir deste sábado torna-se proibido o uso de viseira e apenas as máscaras são consideradas barreira eficaz para conter a pandemia.

Pelo menos até 14 de março, a escola para os mais novos voltou a ser feita em casa. Todas as estruturas culturais e desportivas estão fechadas. Hotéis e centros comerciais permanecem também encerrados.