Última hora
This content is not available in your region

Coletivos artísticos assinalam Dia Internacional da Mulher

euronews_icons_loading
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher   -   Direitos de autor  AFP
De  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Arte e música no feminino para assinalar o Dia Internacional da Mulher. Coletivos de todo o mundo marcam a data e seis artistas de um coletivo de arte de rua de Londres denominado "WOM Collective" criaram um mural na cidade de Brixton. O mural marca o início de uma residência artística de cinco semanas, com 30 obras de 30 artistas.

O objetivo do coletivo era reunir as mulheres e também envolver outras que talvez não tenham confiança suficiente para pintar na rua e dar-lhes exposição... E também para que se vejam como uma irmandade, como colegas e não como uma competição.
Elena González
WOM Collective

O coro feminista "Rebellious Lips" canta pela igualdade em Paris. A fundadora do grupo, Coline Pélissier, defende a união de todas as ativistas femininas numa única voz.

No início foram mais as cantoras que decidiram tornar-se militantes e penso que não se sentiam necessariamente confortáveis na participação ou na escolha entre um grupo ou outro. Sem saberem como escolher ou como se posicionar. Mas à medida que o tempo foi passando mudou, porque também atraímos activistas que queriam cantar, porque é algo muito presente em todas as lutas, sejam elas feministas ou sociais. Há sempre cânticos.
Coline Pélissier
Fundadora - "Rebellious Lips"

O coletivo chileno "Las Tesis" criou burburinho com uma flash mob: "Un violador en tu camino", contra o uso sistemático de violência sexual como forma de repressão.

Apresenta agora uma nova performance "Resistência ou a reivindicação de um direito coletivo" no Festival Internacional Santiago a Mil.

O coletivo reivindica o direito das mulheres a uma vida livre - de violência. O festival continua até abril.