Última hora
This content is not available in your region

"Coronation" de Ai Weiwei com imagens inéditas do confinamento em Wuhan

euronews_icons_loading
"Coronation" de Ai Weiwei com imagens inéditas do confinamento em Wuhan
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Ai Weiwei é um dos artistas mais conhecidos do mundo e um ativista sempre em ação a defender as causas de pessoas silenciadas pelo poder. No seu novo filme "Coronation" consegue a proeza de documentar o que aconteceu em Wuhan durante o confinamento total.Apresenta um ângulo comovente do cidadão comum da cidade e da resposta chinesa à pandemia.

Como artista e como ativista, penso que é minha responsabilidade registar um dos mais importantes momentos da história do século 21. Não sabia que a Covid-19 evoluiria para esta situação de grande amplitude e chocante mas, mesmo assim, se eu não o fizesse, a história desapareceria.
Ai Weiwei
Artista e ativista

Foram 500 horas de filmagens concentradas numa hora e cinquenta minutos de filme. O filme está actualmente em competição no Festival de Cinema sobre Direitos Humanos em Genebra, um evento único que, este ano, é realizado inteiramente online.

O Festival de Cinema sobre Direitos Humanos de Genebra desempenhou um papel fundamental na promoção dos Direitos Humanos. Defendem questões e valores muito importantes e eu estou muito contente com o que fizeram.
Ai Weiwei
Artista e ativista

O filme oferece um ângulo raro sobre a experiência dos pacientes com Covid-19, mas a exibição do documentário está proibida na China. Pode ser visto online no Festival de Cinema dos Direitos Humanos de Genebra que acontece até 14 de março.