EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Divisão na batalha das vacinas na cimeira virtual da União Europeia

Divisão na batalha das vacinas na cimeira virtual da União Europeia
Direitos de autor Aris Oikonomou/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Aris Oikonomou/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Controlos mais rigorosos nas exportações em discussão.

PUBLICIDADE

A União Europeia permanece profundamente dividida quanto à imposição de controlos mais rigorosos nas exportações de vacinas. Alguns países acreditam que a exportação é a razão pela qual os estados membros estão a ficar para trás em relação a outros países desenvolvidos, como o Reino Unido ou os Estados Unidos.

A União Europeia exportou 77 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, das quais 20 milhões para o Reino Unido, enquanto 88 milhões permaneceram na UE. Já foram administradas 62 milhões de doses. A Comissão Europeia, argumenta que as farmacêuticas do Reino Unido não exportaram uma única dose.

Só para ser muito clara, queremos garantir que a Europa recebe a sua quota justa de vacinas porque temos de conseguir explicar aos nossos cidadãos que se as empresas exportam as suas vacinas para todo o mundo, é porque honram plenamente os seus compromissos e isso não coloca em risco o abastecimento na União Europeia.
Ursula von der Leyen
Presidente da Comissão Europeia

A Comissão Europeia acusa particularmente a AstraZeneca de exportar doses produzidas na Europa, sem fornecer os países europeus.

E este é, naturalmente, o caso da AstraZeneca. Penso que é claro para a empresa que, antes de mais, a empresa tem de recuperar o atraso e de honrar o contrato que tem com os estados membros europeus antes de poder voltar a exportar vacinas.
Ursula von der Leyen
Presidente da Comissão Europeia

França é a favor de uma proibição rigorosa das exportações. Holanda, Bélgica ou Alemanha estão relutantes devido ao receio de perturbar a cadeia de abastecimento da sua própria produção de vacinas.

Relativamente ao Regulamento de Controlo de Exportações, declarámos que não queremos qualquer perturbação nas cadeias de abastecimento internacionais e globais, mas que estamos interessados em assegurar que as empresas que celebraram contratos connosco estão efectivamente em conformidade com os contratos.
Angela Merkel
Chanceler da Alemanha

Joe Biden foi convidado especial da reunião virtual da UE, ondeos líderes europeus defenderam uma política de cooperação em relação à pandemia. Mas evitaram falar sobre como os Estados Unidos, um dos maiores produtores mundiais de vacinas, não exporta nenhuma dose para a Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Von der Leyen debateu com rivais sobre orçamento da UE e comércio com China

"Estado da União": Diplomacia dominou cimeira e fórum de cooperação

Ursula von der Leyen: "Todas as partes devem abster-se de uma escalada"