EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Alemanha celebra libertação de Buchenwald há 76 anos

Alemanha celebra libertação de Buchenwald há 76 anos
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O campo de concentração de Buchenwald foi libertado dos nazis a 11 de abril de 1945. Hoje, sobreviventes apelam à preservação da memória do que foi o Holocausto.

PUBLICIDADE

Há 76 anos, o campo de concentração de Buchenwald era libertado pelas forças aliadas das mãos dos nazis. Este domingo, flores amarelas e vermelhas foram colocadas no mesmo solo, numa homenagem às vítimas.

Por causa do coronavírus, os sobreviventes do Holocausto e as famílias não foram autorizados a assistir no local à celebração do aniversário.

A cerimónia contou no entanto com a presença do presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, que afirmou que "Buchenwald representa toda a barbaridade dos nazis, o nacionalismo agressivo no exterior, a ditadura e opressão internas e o pensamento étnico. Buchenwald representa a ideologia racial, a tortura, o assassinato e o extermínio".

À distância, as vítimas do Terceiro Reich lutam por manter a memória coletiva. Alex Hacker sobreviveu ao campo de concentração Mittelbau-Dora e também ele quer que todos se lembrem do que foi o Holocausto.

"Nós, os sobreviventes, estamos a desaparecer, mas espero que este processo de recordação continue, talvez com a ajuda dos nossos filhos e netos. O mundo precisa de educação e de recordar. Por favor, continuem o bom trabalho".

Buchenwald foi criado em 1937. Mais de 56 mil dos 280 mil reclusos detidos no campo de concentração e campos satélite foram mortos pelos nazis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Austríaco deixa fortuna a município que o salvou dos nazis

Nuremberga preserva legado arquitetónico do regime nazi

Zinaida Korneva já venceu os nazis e agora combate a pandemia