Última hora
This content is not available in your region

Alemanha celebra libertação de Buchenwald há 76 anos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Alemanha celebra libertação de Buchenwald há 76 anos
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Há 76 anos, o campo de concentração de Buchenwald era libertado pelas forças aliadas das mãos dos nazis. Este domingo, flores amarelas e vermelhas foram colocadas no mesmo solo, numa homenagem às vítimas.

Por causa do coronavírus, os sobreviventes do Holocausto e as famílias não foram autorizados a assistir no local à celebração do aniversário.

A cerimónia contou no entanto com a presença do presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, que afirmou que "Buchenwald representa toda a barbaridade dos nazis, o nacionalismo agressivo no exterior, a ditadura e opressão internas e o pensamento étnico. Buchenwald representa a ideologia racial, a tortura, o assassinato e o extermínio".

À distância, as vítimas do Terceiro Reich lutam por manter a memória coletiva. Alex Hacker sobreviveu ao campo de concentração Mittelbau-Dora e também ele quer que todos se lembrem do que foi o Holocausto.

"Nós, os sobreviventes, estamos a desaparecer, mas espero que este processo de recordação continue, talvez com a ajuda dos nossos filhos e netos. O mundo precisa de educação e de recordar. Por favor, continuem o bom trabalho".

Buchenwald foi criado em 1937. Mais de 56 mil dos 280 mil reclusos detidos no campo de concentração e campos satélite foram mortos pelos nazis.