Última hora
This content is not available in your region

EUA reforçam força militar na Alemanha

euronews_icons_loading
EUA reforçam força militar na Alemanha
Direitos de autor  KAY NIETFELD/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos da América vão aumentar o número de tropas na Alemanha. Joe Biden reverte, assim uma diretriz da anterior administração de Donald Trump.

A medida foi anunciada pelo secretário norte-americano da Defesa, Lloyd Austin, em visita a Berlim.

"Informei a ministra sobre a nossa intenção de enviar, permanentemente, cerca de 500 militares norte-americanos adicionais para a região de Wiesbaden, já neste outono".

Já a homóloga germânica, Annegret Kramp-Karrenbauer, sublinhou que "o compromisso de enviar tropas adicionais é um sinal muito, muito forte da ligação entre a América e a Alemanha".

O projeto do gasoduto Nord Stream 2, que vai permitir à Rússia fornecer gás à Alemanha, é um ponto de discórdia entre Berlim e Washington. No entanto, não coloca em risco as relações entre os dois países, como referiu Austin.

"Manifestámos a nossa oposição a este acordo e à influência que ele irá, realmente, dar à Rússia, mas não vamos deixar que essa questão se interponha no caminho de uma tremenda relação que temos com a Alemanha".

Atualmente, o exército norte-americano tem uma força de 35 000 militares neste país aliado na Organização do Tratado do Atlântico Norte. O próprio Lloyd Austin serviu na Alemanha quando era um jovem tenente.