Última hora
This content is not available in your region

Eleições escocesas são teste à ideia do segundo referendo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Eleições escocesas são teste à ideia do segundo referendo
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O ReinoUnido conta os votos de várias eleições simultâneas, todas na quinta feira. Eleições locais em Inglaterra e de vários presidentes de câmara, incluindo o de Londres, legislativas na Escócia e no País de Gales e legislativas intercalares na circunscrição de Hartlepool, em Inglaterra.

De todos estes escrutínios, o mais importante é para o Parlamento da Escócia. O Partido Nacional Escocês de Nicola Sturgeon tem aqui um teste importante à aposta de organizar um segundo referendo à independência e assim trazer o país de regresso à União Europeia. A opinião divide-se: Uma eleitora diz que "espera que o Partido Nacional Escocês ganhe, para que haja um novo referendo, importante sobretudo agora que o Reino Unido deixou a União Europeia".

Outro homem diz que, se a Escócia se tornar independente, "terá de regressar a Inglaterra, pois a Escócia vai tornar-se num país do terceiro mundo e vai demorar pelo menos dez anos a regressar ao estado atual. O país está sem dinheiro e não pode sobreviver sozinho".

Hartlepool revelou-se, até agora, o maior revés para o Partido Trabalhista nestas eleições. Desde que esta circunscrição foi criada, nos anos 70, que estava nas mãos do Labour e passa agora para o controlo dos conservadores. Estas intercalares eram um teste ao Partido Trabalhista, que teve nas eleições de há dois anos um dos piores resultados de sempre.