O líder da oposição georgiana foi libertado

O líder da oposição georgiana foi libertado
Direitos de autor VANO SHLAMOV/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nika Melia, o líder da oposição da Geórgia, foi libertado depois de, na semana passada, a UE ter pago a sua caução para acabar com a crise política

PUBLICIDADE

O líder da oposição georgiana, Nika Melia, foi libertado da prisão, abrindo caminho para o fim da crise política na Geórgia.

A sua libertação marca um passo significativo num plano apoiado pela União Europeia. Para ajudar a pôr fim a uma longa crise política, Bruxelas pagou a fiança de Melia.

À saída da prisão Nika Melia afirmou: "Há apenas dois cenários aqui: ou o mundo civilizado salvou um criminoso, ou um político. Em ambos os casos, juntamente com os meus amigos, colegas e ativistas, eu serei uma ameaça muito séria para este governo. Serei uma ameaça para Bidzina Ivanishvili" (bilionário, ex-primeiro ministro).

Nika Melia foi preso em fevereiro de 2021 quando a polícia invadiu a sede do Movimento Nacional Unido, que lidera. A detenção desencadeou críticas internacionais. Estava acusado de incitação à violência durante protestos antigovernamentais em 2019, acusação que considera ter motivações políticas.

A Geórgia é uma república do sul do Cáucaso, com ambições de aderir à NATO e a outras organizações ocidentais, que tem enfrentado tumultos políticos desde as eleições parlamentares de novembro passado, denunciadas como injustas pela oposição.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Georgianos celebram recomendação de Bruxelas com vista à adesão à UE

A falta de controle dos produtos lácteos na Geórgia

Milhares de georgianos protestam contra governo pró-Rússia